domingo, 15 de outubro de 2017

FELIZ DIA, PARA OS BONS PROFESSORES!





A ESCOLA

Amai, meninos, a Escola
O livro, as almas consola
E faz um grande bem a lição.

E o mestre que vos ensina
Como o sol vos ilumina
Para os dias que virão.

Amai, na Escola, esse guia
Que com suave energia
Das letras descobre o véu.


A Escola, em Templo se muda
E a cada criança que estuda
Deus manda bênçãos, do céu!

**********************************
Bom dia, bom dia,
começa o labor
Meu mestre meu guia
Meu bom professor!

Ninguém de improviso,
consegue saber
Na vida é preciso,
Lutar e

aprender!

É vão todo o ensino
Que a Deus não conduz
Por isso me inclino
Pedindo que a Luz
Do auxílio Divino
Nos traga, Jesus!.

Homenagem a meu pai, que sempre inundou nossa casa de livros, a minha mãe e irmãs, professoras,
à boa Escola antiga e seus comprometidos professores, que nos encaminharam
pelo caminho da justiça, da verdade e da honestidade.








Consegue

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Psiquiatra forense conclui que esquerdismo pode ser classificado como doença mental

l 28/08/2017
Conforme a review da Amazon, vejam a paulada científica que foi dada nos esquerdistas

 O psiquiatra forense Lyle Rossiter comprova, através de deus estudos, que o esquerdismo é uma doença mental No livro The Liberal Mind: The Psychological Causes of Political Madness, Lyle Rossiter nos explica de forma acadêmica, as causas psicológicas do esquerdismo. Ele define o esquerdismo como uma série de problemas ‘psiquiátricos’ que podem acontecer durante a formação da personalidade do ser humano.

 Rossiter classifica os esquerdistas em dois tipos: benignos e radicais. Os radicais são aqueles cujas ações (agenda) causam dano a outros indivíduos. Já os esquerdistas benignos seriam os moderados […] que são aqueles que dão sustentação aos esquerdistas radicais.

 O trecho abaixo é parte da obra de Rossiter e fala sobre o tratamento do esquerdismo de forma clínica, retratado por um psiquiatra forense. Liberal Mind traz o primeiro exame profundo da loucura política mais relevante em nosso tempo: os esforços da esquerda radical para regular as pessoas desde o berço até o túmulo.

 Para salvar-nos de nossas vidas turbulentas, a agenda esquerdista recomenda a negação da responsabilidade pessoal, incentiva a auto-piedade e outro-comiseração, promove a dependência do governo, assim como a indulgência sexual, racionaliza a violência, pede desculpas pela obrigação financeira, justifica o roubo, ignora a grosseria, prescreve reclamação e imputação de culpa, denigre o matrimônio e a família, legaliza todos os abortos, desafia a tradição social e religiosa, declara a injustiça da desigualdade e se rebela contra os deveres da cidadania.

Através de direitos múltiplos para bens, serviços e status social não adquiridos, o político de esquerda promete garantir o bem-estar material de todos, fornecendo saúde para todos, protegendo a auto-estima de todos, corrigindo todas as desvantagens sociais e políticas, educando cada cidadão, assim como eliminando todas as distinções de classe.

O esquerdismo radical ataca os fundamentos da liberdade civilizada. Dadas às suas metas irracionais, métodos coercitivos e fracassos históricos, juntamente aos seus efeitos perversos sobre o desenvolvimento do caráter, não pode haver dúvida da loucura contida na agenda radical.

 Apenas um homem irracional iria desejar o Estado decidindo sua vida por ele ao invés de criar condições de segurança para ele poder executar sua própria vida.

Somente uma agenda irracional tentaria deliberadamente prejudicar o crescimento do cidadão em direção à competência, através da adoção dele pelo Estado e defenderia uma destruição sistemática dos fundamentos que garantem a liberdade organizada.

Apenas o pensamento irracional trocaria a liberdade individual pela coerção do governo, sacrificando o orgulho da auto-suficiência para a dependência do bem-






estar.

sábado, 2 de setembro de 2017

QUEM FACILITA A VIDA DO DESPUDORADO DO ÔNIBUS???

Leandro Ruschel 23 h · Miami, Florida, Estados Unidos · 
 Lendo as matérias sobre o animal que ejaculou numa mulher dentro de um ônibus, foi preso e solto em seguida, podemos observar o grau de esquerdopatia, tanto dos jornalistas quanto em parte do público. 


Chamo de esquerdopatia a incapacidade de entender a realidade, produzida pela ideologia socialista moderna, além da ativa busca de destruição da cultura ocidental, decorrência natural da equivocada interpretação dos seus desdobramentos positivos e negativos.

 Muitos consideram a agressão produzida por esse homem e sua posterior liberação como uma prova da existência de uma sociedade machista, que oprime as mulheres. Essa descrição se enquadra como uma luva na visão esquerdista do mundo. Mas é verdadeira? 

Ora, a evolução moral da humanidade, especialmente no Ocidente, foi baseada no controle dos instintos mais básicos. Criamos códigos morais que suprimem esses instintos, o que beneficiou especialmente as mulheres, mais frágeis fisicamente. Boa parte da cultura ocidental gira em torno da proteção à mulher, o adágio "mulheres e crianças primeiro" expressa bem essa ideia, além da forte condenação social à violência contra a mulher.

 Existe outra sociedade que valorizou mais a mulher do que a ocidental? Só essa sociedade ofereceu espaço para o debate e para a correção de situações injustas ao longo do tempo. 

 O problema é que essa evolução saudável virou uma degeneração completa de valores, que favorecem exatamente a violência contra a mulher. Por exemplo, não é exatamente a esquerda que prega a total e irrestrita libertinagem sexual? Será que isso não facilita os abusos contra a mulher? Não é a esquerda que de forma paradoxal glorifica o islamismo, a religião que muitas vezes trata a mulher de forma brutal? 

Mais, não é a esquerda que defende a liberdade para criminosos, transformando-os em vítimas da sociedade? Não foi a influência da esquerda nas leis brasileiras que criou um sistema jurídico frouxo, que protege bandidos ao invés de puni-los? 

Do ponto de vista conservador, o sujeito que comete uma barbaridade dessas tem que ser isolado, pagando caro pelo seu crime. E as pessoas devem ter um nível maior de pudor, de restrição dos seus impulsos sexuais. 

Chegará uma hora que as mulheres deverão fazer uma escolha. Ou continuam defendendo esse feminismo doentio que na verdade é um tiro no pé, ou abraçam os valores conservadores que as protegem. 

Por mim, esse vagabundo seria colocado numa cela e a chave seria jogada fora. Será que a Maria do Rosário concorda? O Marcelo Freixo concorda? 

Lembre disse na hora de apontar o dedo para os verdadeiros responsáveis por transformar o Brasil num dos países mais violentos do mundo.

quarta-feira, 8 de março de 2017

AS VERDADEIRAS MULHERES

Trecho de texto de Claudia Wild
As verdadeiras mulheres não têm tempo disponível para esta estória de feminismo, suas comemorações e suas bandeiras. Elas estão estudando, trabalhando fora, criando seus filhos, cuidando de suas casas e têm prioridades na vida__que não sejam depreciar o homem para tirar-lhes a autoridade masculina e paterna. Elas não têm tempo para a exposição ao ridículo de seus seios desnudos em praça pública__elas precisam amamentar seus bebês. Elas não têm tempo para profanar símbolos religiosos, enfiando-lhes em suas entranhas para atacar aqueles que sempre as apoiaram__os valores advindos da cultura judaico-cristã, cultura esta que sempre esteve ao lado das mulheres e suas agruras.
"o feminismo reduziu algumas mulheres a algo como um macho mal-acabado e sem cérebro". Mulher é feminista ou ávida por direitos e mais direitos, que ela inclusive já tem. Mulher inteligente é feminina e sabe que os papeis do homem e da mulher são distintos, porém cada um com sua importância e respeitabilidade.

Leandro Ruschel
O Dia das Mulheres e sua origem comunista
Antes de você sair por aí comemorando o "Dia das mulheres", saiba que ele foi criado em 1909 pelo Partido Socialista Americano como "Dia das mulheres trabalhadoras" e depois virou feriando na antiga URSS, em homenagem a um grupo de mulheres que promoveu greves em São Petersburgo em 1917, em 8 de março daquele ano, ajudando a promover a revolução comunista.
A data ganhou reconhecimento da comunista ONU em 1975 e virou uma data observada internacionalmente.
O objetivo da esquerda com esse tipo de ação é um só: gerar a a divisão na sociedade. A mulher seria explorada pelos homens e precisaria ser protegida pela esquerda, assim como negros precisam ser protegidos dos brancos, homossexuais precisam ser protegidos dos héteros, muçulmanos precisam ser protegidos dos judeus e assim por diante.
É o velho lema romano, "dividir para governar".

 GRAÇA LEAL -EXCELENTE INFORMAÇÃO. APRENDI AGORA E CONCORDO, PLENAMENTE.
SE HOUVESSEM LEIS QUE PROTEGESSEM OS DIREITOS, EDUCAÇÃO E PRINCÍPIOS NÃO HAVERIA NECESSIDADE DE TER "O DIA" PARA SE LEMBRAR DO QUE DEVE-SE RESPEITAR SEMPRE.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

VITÓRIA DE TRUMP (POLÍBIO BRAGA)



Opinião do editor - http://polibiobraga.blogspot.com.br/

 A mídia tradicional brasileira foi a última a se render, porque foi falsa e mentirosa o tempo todo

 A mídia brasileira, reverberando a fiasqueira que replicou durante vários meses o que praticou a mídia americana, cobriu de modo falso e mentiroso as eleições nos Estados Unidos.

 O editor acompanhou durante a noite e a madrugada, o desserviço de repórteres e comentaristas das redes Band, Globo e RBS, mas também as postagens dos principais sites e blogs, como o do apreciado O Antagonista.

 O Antagonista chegou a trazer para ajudá-lo todo o quarteto do programa Manhattan Connection, com ênfase para Diogo Mainardi, Caio Blinder e Lucas Mendes. No final da noite e início da madrugada, na Globonews, gente como Demétrio Magnolli, Merval Pereira, Dony de Nucio e Gustavo Chacra, este de Nova Iorque, esmeraram-se em contar por que razão Hillary Clinton venceria e estava vencendo a eleição.

 Mais contida, a jornalista Renata Lo Prette chegou a colocar em dúvida as pesquisas, mas foi massacrada pelos companheiros do Jornal das Dez.

 Todos perderam vergonhosamente. A torcida por Hillary Clinton foi evidentemente ideológica. 

Este tipo de mídia esquerdista e favorável a tudo que não presta, foi contido  pelas redes sociais, que conseguiram fazer um contraponto eficaz ao desserviço informativo dos jornais, rádios e de TVs.

Nas redes sociais, a Globonews, a pior do grupo de mentirosos e falsários, foi apresentada ontem como Goebbelsnews. Postado por Polibio Braga

 30 comentários: Unknown disse... A MÍDIA E A CORTE BRASILEIRA TEM QUE ENTENDER QUE O POVO CANSOU DE POLÍTICOS PROFISSIONAIS!!! AGUARDEM NOSSA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL EM 2018... NÃO QUEREMOS HIPOCRISIA E DEMAGOGIA... QUEREMOS VERDADE E DECISÃO FIRME!!! 9 de novembro de 2016 07:39

Anônimo disse... Vergonhosa a cobertura. Aqui na havaninha a hipnose estava a todo vapor, Daniel Scola, Macedo, Rosane de Oliveira, a esquerda teen do Timeline; como era de esperar todos pró Hillary.

 O site Antagonista, o Diego Casagrande, o Marco Antônio Villa; todos contra Trump. Dias difíceis... 9 de novembro de 2016 07:41

 Anônimo disse... REDE GLOBO E GLOBO NEWS SÃO DEFORMADORES DE OPINIÃO. 9 de novembro de 2016 07:48

 Anônimo disse... A internet com o seus programas de tradução não permite mais que sejamos enganados por esses repórteres tendenciosos. Mesmo não sabendo inglês é possível traduzir as notícias dos sites internacionais. Esses repórteres terão que mudar porque senão perderão espectadores para a internet. Com um celular ninguém mais é enganado. 9 de novembro de 2016 07:52

 Anônimo disse... Desmascarada novamente a Rede Globo e a Globo News. Notícias mentirosas, fabricadas, um crime na informação... E depois, o pessoal Global não sabe porque tanta repulsa contra eles. 9 de novembro de 2016 08:03